domingo

Raiva em adolescentes

Se seu filho adolescente tem muita raiva ou agressividade, você precisa aprender a controlá-lo o mais rápido possível para evitar consequências em sua saúde.



A adolescência é um estágio realmente importante para a saúde. qualquer pessoa porque envolve uma série de mudanças físicas e emocionais que marcarão a vida dessas pessoas. Um dos grandes problemas desta fase da vida é a torrente de emoções sofridas por esses adolescentes e que pode levar a uma certa falta de controle da raiva. Então falo sobre a raiva na adolescência e como é possível controlá-la para evitar problemas futuros.



la ira inhibida es aquella que se da en una situación de tensión A raiva inibida é aquela que ocorre em uma situação de tensão



Raiva e agressão



De acordo com especialistas no assunto, a raiva pode ser mostrada de duas maneiras completamente diferentes:



- A raiva inibida é aquela que ocorre em uma situação de tensão e a pessoa não é capaz de expressar o que pensa ou pensa. Isso faz com que a auto-estima desça em excesso e o problema aumenta até explodir e a temida raiva aparecer.



- A raiva explosiva ocorre em uma situação de tensão e a pessoa explode a ponto de se tornar violenta fisicamente e verbalmente.



Como você viu a presença da raiva é devido, entre outros fatores, a uma grande agressividade por parte da pessoa que sofre esse episódio de raiva.



A importância do relaxamento



A perda de controle é um dos fatores que faz com que muitos adolescentes tenham vários ataques de raiva. Essa perda de controle é progressiva e está aumentando até que a violência física ou verbal seja alcançada. Para evitar chegar a esse extremo e depois se arrepender, o melhor é contar até dez e realizar várias técnicas de relaxamento que ajudam a acalmar a raiva.



Cada pessoa deve usar a técnica de relaxamento que melhor se adapte a elas e permitir que elas enterrem sua raiva. Pode ser de ouvir música para sair para fazer alguns esportes. Qualquer coisa serve para relaxar e impedir que tudo saia do controle até que seja tarde demais. Especialistas recomendam pegar papel e lápis e escrever tudo o que passa pela sua cabeça naquele momento de tamanha raiva. É uma boa maneira de traduzir tudo o que você pensa e sente para escrever.



Consequências de não controlar a raiva



Sem saber como controlar a raiva pode resultar em vários problemas de adolescentes que podem afetar gravemente a sua saúde, além de prejudicar seriamente quando se trata de interagir com outras pessoas. Ninguém gosta de estar perto de uma pessoa que está em um estado de raiva constante. por desgracia se trata de un problema bastante actual y que cada vez afecta más a los adolescentes Infelizmente este é um problema bastante atual que afeta cada vez mais os adolescentes



Outra conseqüência de não controlar a raiva é que esta explosão de violência irá gerar muito mais raiva, o que prejudica seriamente a vida do adolescente, além de prejudicar o ambiente mais próximo do jovem. Se o problema acabar e a raiva estiver presente regularmente, é aconselhável pedir ajuda a um especialista para tratar o adolescente. A primeira coisa a fazer é descobrir a origem dessa raiva e a partir daí ensinar-lhe diferentes técnicas para relaxar. É importante ajudar o adolescente e impedi-lo de causar mais danos aos outros e à sua pessoa.



Infelizmente, este é um problema bastante atual e afeta cada vez mais os adolescentes. A raiva está presente em todos os momentos e é um problema mais sério do que parece. Lembre-se de que, se seu filho ou um conhecido tiver ataques contínuos de raiva, você deve ir o mais rápido possível a um especialista para evitar que o problema se agrave e que seja tarde demais para agir.

Share this