quinta-feira

Se você está grávida, o Wi-Fi é ruim para o feto?

Se você está grávida, pode estar preocupado se as ondas Wi-Fi são ruins para sua saúde ou para a saúde do bebê em desenvolvimento.



Ainda há muita controvérsia sobre o Wi-Fi hoje. É ruim para a saúde ou é simplesmente uma crença popular e não afeta o organismo de forma alguma. Segundo alguns estudos, as ondas magnéticas emitidas por esses dispositivos Wi-Fi acabam alterando o sono das pessoas, principalmente nas menores da casa. É por isso que muitos pensam que ter um roteador perto de uma mulher grávida pode afetar a boa saúde do bebê. Então eu falo um pouco mais sobre essa questão controversa como o wifi e se ele realmente pode representar sérios problemas de saúde para o recém-nascido e para o feto.



según algunos expertos en el tema las ondas que emanan del wifi son inofensivas De acordo com alguns especialistas em as ondas do sujeito que emanam do wifi são inofensivas



O Wi-Fi é prejudicial e prejudicial para o bebê?



De acordo com alguns especialistas no assunto, as ondas que emanam do Wi-Fi são inofensivas e dificilmente prejudiciais para adultos e crianças, então não há nada a temer. No entanto, vários estudos realizados pela Agência Internacional de Pesquisa do Câncer indicam que a exposição contínua e prolongada de dispositivos Wi-Fi pode ser prejudicial para os menores da casa.





Isso ocorre porque as crianças absorvem uma quantidade maior de radiação do que os adultos. Estes estudos indicam que os fetos ainda são muito mais vulneráveis ​​do que as crianças, por isso devemos evitar estar perto de um dispositivo wi-fi em todos os momentos, especialmente aquelas mulheres que estão grávidas e ir para dar à luz o bebê em alguns meses



Dicas para evitar possíveis danos ao feto



Um primeiro conselho é colocar o berço do recém-nascido longe do roteador e desligue-o durante a noite. Desta forma, não há perigo de que as ondas magnéticas possam prejudicar a saúde da criança. O ponto de acesso do sinal wi-fi deve ser o mais longe possível da sala em que a criança dorme e em que a mulher grávida está localizada. Sempre que não estiver sendo usado, é aconselhável mantê-lo o mais longe possível para que, dessa forma, não haja atividade que possa colocar em risco a saúde do recém-nascido e do feto enquanto estiver dentro da mãe. .



O que fazer com o Wi-Fi público



O problema também está presente quando a criança é danificada pelas ondas de wi-fi presentes em diferentes espaços públicos, como acontece irremediavelmente nas escolas. Em tais casos, crianças são submetidas por muitas horas à radiação perigosa proveniente de diferentes redes Wi-Fi.



 siempre que no se esté usando, es aconsejable el mantenerlo apagado el mayor tiempo posible Sempre que não estiver sendo usado, é aconselhável mantê-lo o mais longe possível



Para evitar essa radiação, a União Européia recomenda que a energia seja limitada ao máximo que podem emitir essas redes Wi-Fi. Apesar disso, muitos países fazem ouvidos moucos a tais recomendações e continuam a agir de maneira normal, sem levar em conta os possíveis danos que tais dispositivos de recepção wi-fi podem causar a médio e longo prazo.



Como você pode ver, hoje ainda há uma grande controvérsia em torno de tudo relacionado à questão das redes sem fio e se elas são realmente prejudiciais à saúde. O que está claro é que as mulheres grávidas devem tomar cuidado especial com essas ondas magnéticas e evitá-las, tanto quanto possível. É importante cuidar da saúde do bebê e tomar uma série de precauções que ajudem a salvaguardar a boa saúde do recém-nascido e do feto. Caso esteja grávida, não se esqueça de tomar nota das dicas acima e evitar o contato direto com dispositivos Wi-Fi em todos os momentos.

Share this